Voltar

Informativo Diário

22/07/2019

GANHOS EM CHICAGO E NO CÂMBIO MELHORAM PREÇOS NO BRASIL

Na sexta-feira, o mercado interno de soja teve uma sessão um pouco mais agitada em algumas das diversas praças de negociação do país. Os fortes ajustes positivos registrados em Chicago somados à recuperação do dólar frente à moeda brasileira trouxe suporte para elevações das cotações internas, chamando a atenção da ponta vendedora. Apesar deste maior interesse, apenas no RS houve registro de movimentações mais relevantes. Nas demais praças, apenas negócios menos volumosos foram registrados.

RS: dia de recuperação para os preços e para o ritmo de negócios. As cotações oscilaram positivamente ao longo do dia, e houve rumores de 40 ml toneladas sendo movimentadas.

PR: mercado com registro de preços superiores, mas sem muito negócios expressivos. Rumores de no máximo 10 mil toneladas sendo movimentadas.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em forte alta no grão, no farelo e no óleo na sexta-feira. Nas posições spot, os ganhos foram de 2,29% no grão, de 1,36% no farelo e de 1,66% no óleo.

• O mercado recuperou-se após quatro sessões de perdas, reduzindo a desvalorização semanal para 1,24%.

• O movimento de cobertura de posições vendidas foi sustentado pela previsão meteorológica, que indica condições não tão boas para a última semana de julho, com o retorno de uma baixa umidade e de temperaturas mais elevadas. Além disso, os agentes apostam na volta da China ao mercado comprador americano, após as recentes conversas entre os dois países, buscando um acordo comercial. Rumores indicam que os chineses estão se movimentando para comprar mais 3 de milhões de toneladas de soja norte-americana nos próximos dias, mas não há nenhuma confirmação sobre isso.

• Os investidores também começam a atentar para a possiblidade do Federal Reserve (Fed) reduzir as taxas de juros americanas no final do mês, o que beneficiaria as commodities.


CHINA Desde que o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA) confirmou seu primeiro surto de peste suína africana na Província de Liaoning em 3 de agosto de 2018, 149 surtos da doença já foram detectados em 32 Províncias. Desde a identificação da doença, 1,160 milhão de animais foram abatidos, segundo levantamento divulgado pela SAFRAS Consultoria tendo como fontes a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e a Organização das Nação Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).


ARGENTINA A produção de soja na Argentina deverá atingir 55,3 milhões de toneladas na temporada 2018/19, com um aumento de 46,4% frente às 37,780 milhões de toneladas colhidas na temporada anterior (2017/18). A estimativa faz parte do levantamento de julho do Ministério da Agroindústria do País. Em junho a safra havia sido estimada em 55,6 milhões de hectares. A área plantada com soja na Argentina em 2018/19 ficou em 17 milhões de hectares, com recuo de 1,2% sobre o plantio do ano anterior, de 17,2 milhões de hectares. Em junho a área havia sido indicada em 17,1 milhões de hectares.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em alta de 0,45% no mercado à vista, cotado a R$ 3,7460 para venda, influenciado pelo movimento de correção no exterior após o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) da unidade Nova York, declarar que o discurso do presidente da unidade, John Williams sobre "postura mais agressiva dos bancos centrais" não reflete a decisão da autoridade monetária. A moeda norte-americana encerra a semana com valorização de 0,18%. Na próxima semana, a agenda de indicadores no exterior fica no radar dos investidores com a divulgação dos índices de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos, Alemanha, na zona do Euro e na Ásia. Além da primeira leitura do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano no segundo semestre. Ainda na zona do euro, tem a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax