Voltar

Informativo Diário

29/03/2021

DÓLAR TEM FIRME ALTA, PREÇOS AVANÇAM E NEGÓCIOS MODERADOS SÃO REGISTRADOS NO PAÍS

Na sexta-feira, o mercado interno encerrou a semana calmo nas diversas praças de negociação do país. Com os principais referenciais em direções opostas, a oleaginosa teve mais uma sessão de pouca movimentação no mercado físico. Em dia de forte volatilidade, o câmbio ampliou ganhos após o meio-pregão e sustentou as cotações domésticas, possibilitando que negócios moderados fossem realizados. Ao todo, aproximadamente 100 mil toneladas de soja trocaram de mãos no país. Os trabalhos de colheita da nova safra brasileira de soja se encaminham para a reta final e atingem 66,9% da área total estimada.

RS: preços de estáveis a mais altos e mercado calmo no estado. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de junho/21, indicações de compra até R$ 175,50 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 173,50. No interior do estado, comprador indicando entre R$ 166 e R$ 167 por saca FOB para embarque e pagamento curtos, patamares onde pelo menos 30 mil toneladas de soja foram comercializadas ao longo do dia no país.

PR: negócios moderados reportados e preços firmes no estado. Para embarque e pagamento em meados de abril/maio’21, indicação de compra a R$ 174 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicação de compra a R$ 162 por saca no disponível, patamares onde cerca de 40 mil toneladas de soja trocaram de mãos.


CHICAGO(CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam mistos no grão e no farelo, e em queda no óleo na sexta-feira. Nas posições spot, perdas de 0,97% no grão, de 0,14% no farelo e 4,54% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato maio/21 do grão atingiu a máxima de US$ 14,19 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 14,0050 por bushel. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com perdas de até 12 pontos nos principais vencimentos. O vencimento jul/21 operava com perdas de 11,25 pontos, com negócios a US$ 13,9325 por bushel.

• O mercado começou a se posicionar frente ao relatório de intenção de plantio do USDA. A expectativa de amplo aumento no plantio americano determinou as perdas hoje.

• A área a ser plantada com soja nos Estados Unidos em 2021 deverá apresentar um aumento consistente. Segundo previsão de analistas e consultores, divulgada pela Agência QT News, o plantio deverá ocupar 89,99 milhões de acres. No ano passado, a semeadura ficou em 83,094 milhões de acres, conforme dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

• O Departamento vai divulgar o relatório de intenção de plantio no próximo dia 31. Em fevereiro, durante seu Fórum Anual, representantes do USDA indicaram o plantio de 90 milhões de acres.


CHINA As empresas chinesas listadas nos Estados Unidos estão se reunindo para abrir o capital em Hong Kong em meio ao aumento da tensão política. Mas, quando se trata de negociação, Nova York continua a ser o lugar a ser batido. As informações são da agência de notícias "Dow Jones". Começando com a venda de ações do Alibaba em novembro de 2019, 12 empresas chinesas cujas ações já são negociadas nos Estados Unidos fizeram as chamadas listagens secundárias em Hong Kong, levantando um total de US$ 33,6 bilhões, de acordo com dados da Dealogic.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em alta de 1,23% no mercado à vista, cotado a R$ 5,7400 para venda, engatando a terceira alta seguida em sessão de forte volatilidade, refletindo um forte movimento de proteção no mercado doméstico à véspera do fim de semana, em dia de baixa liquidez. Investidores locais seguem desconfortáveis com o Orçamento de 2021 aprovado ontem no qual sinaliza uma iminente piora no cenário fiscal.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax