Voltar

Informativo Diário

01/12/2020

COM FORTE QUEDA EM CHICAGO, MERCADO DE SOJA INICIA A SEMANA TRAVADO NO PAÍS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana bastante lento nas diferentes praças de negociação do país. Com firmes perdas em Chicago, que atingiu a mínima de US$ 11,68 por bushel ao longo do pregão, a commodity teve mais um dia arrastado no mercado físico e preços mais fracos. Já o câmbio teve mais uma sessão de bastante volatilidade, encerrando com ligeiros ganhos e neutralizando parte das perdas da bolsa. Com isso, não foram reportados negócios significativos e o foco dos agentes permanece nos trabalhos de plantio.

RS: preços mais fracos e mercado lento. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de julho/21, havia possibilidade de negócios até R$ 146,50 por saca. No interior do estado, havia possibilidade de negócios entre R$ 150 e R$ 151 por saca FOB para embarque e pagamento em meados de dezembro/janeiro, porém sem contrapartida de vendas.

PR: mercado vazio de ofertas e cotações nominais. Para embarque e pagamento em meados de julho/21, indicações de compra na faixa de R$ 145 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicações de compra até R$ 155 por saca no disponível, porém sem contrapartida de venda.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em queda no grão, no farelo e no óleo na segunda-feira. Nas posições spot, as perdas foram de 1,95% no grão, de 1,35% no farelo e de 2,11% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato novembro/20 do grão atingiu a máxima de US$ 11,99 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 11,6850/bushel. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com perdas de até 18,5 pontos nos principais vencimentos. O vencimento março/21 operava com perdas de 18,5 pontos, com negócios a US$ 11,7425 por bushel.

• Na última sessão do mês, as sanções econômicas americanas à China, anunciadas hoje, aprofundaram as perdas.

• O dia foi de posicionamento de carteiras, o que é normal no final do mês, e uma correção era esperada, com fundos e especuladores realizando lucros. O retorno das chuvas nas regiões produtoras da América do Sul contribuiu para a retração.

• O balanço do mês foi muito positivo. A posição janeiro subiu mais de 11%, com base em fatores fundamentais - aperto nos estoques americanos, boa demanda pela soja dos EUA pela China e preocupação com o clima seco no Brasil e na Argentina - e também com um cenário predominantemente de menor aversão ao risco no mercado financeiro, com a vitória de Joe Biden na eleição americana e notícias de avanço sobre a vacina para a Covid-19.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 2.036.484 toneladas na semana encerrada no dia 26 de novembro, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 2 milhões de toneladas.

• Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 2.233.630 toneladas. Em igual período do ano passado, o total inspecionado for a de 1.576.703 toneladas. No acumulado do ano451-4-safra, iniciado em 1o de setembro, as inspeções somam 26.679.446 toneladas, contra 15.971.911 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.


ARGENTINA O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Argentina, Alberto Fernández, tiveram na manhã de hoje (30), por videoconferência, o primeiro encontro bilateral desde a eleição do argentino, em outubro do ano passado.As informações são da Agência Brasil. A reunião desta segunda-feira (30) ocorreu no Dia da Amizade entre Brasil e Argentina, que é celebrado na mesma data há 35 anos, desde uma primeira reunião, em 1985, entre os então presidentes José Sarney e Raúl Afonsín, em Foz do Iguaçu. A ocasião é tida como marco inicial do Mercado Comum do Sul (Mercosul).


CÂMBIO O dólar comercial fechou em alta de 0,39% no mercado à vista, cotado a R$ 5,3480 para venda, em sessão de forte volatilidade em meio à disputa pela formação de preço da taxa Ptax - média das cotações apuradas pelo Banco Central (BC) - de fim de mês e acompanhando o exterior onde a moeda estrangeira ganhou terreno com ajustes e novas sanções dos Estados Unidos contra a China.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax