Voltar

Informativo Diário

20/07/2020

SOJA TEM QUARTO PREGÃO CONSECUTIVO DE ALTA E PREÇOS AVANÇAM NO MERCADO DOMÉSTICO

Na sexta-feira, o mercado interno de soja encerrou a semana pouco agitado nas principais praças de negociação do país. A commodity finalizou a semana com quatro pregões consecutivos de alta em Chicago, encostando na linha de US$ 9,00 por bushel. O câmbio também teve um dia bastante positivo, encerrando com forte alta e operando bem próximo dos R$ 5,40 por dólar. Diante disso, as cotações voltaram a avançar no mercado físico, porém a ponta vendedora aposta em preços ainda melhores e não foram registrados negócios relevantes ao longo do dia.

RS: dia de preços firmes e pouca movimentação no estado. Na região portuária, para embarque em abril/maio/21 e pagamento em meados de junho/21, ainda havia possibilidade de negócios na faixa de R$ 108,50 por saca CIF Rio Grande. Para embarque e pagamento em meados de agosto/setembro deste ano, indicações estão entre R$ 120 e R$ 121, porém sem contrapartida de venda.

PR: os preços voltaram a avançar no estado, porém os negócios permanecem escassos. Para embarque em fevereiro/21 e pagamento em abril/21, as indicações estão entre de R$ 107,50 e R$ 108,50 por saca CIF região portuária. Para embarque e pagamento em setembro/outubro deste ano, as indicações estão entre R$ 119 e R$ 120 CIF Paranaguá, porém sem contrapartida de venda. Na região oeste do estado, as indicações estão entre R$ 111 e R$ 112 por saca para embarque e pagamento em meados de agosto deste ano.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão e no óleo, e em queda no farelo na sexta-feira. Nas posições spot, os ganhos foram de 0,50% no grão e de 2,22% no óleo, e perdas de 0,17% no farelo. No melhor momento do dia, o contrato agosto/20 do grão atingiu a máxima de US$ 8,9875 por bushel. No final da sessão, trocou de mãos a US$ 8,98 por bushel. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 4,75 pontos nos principais vencimentos. O vencimento setembro/20 operava com ganhos de 3,5 pontos, com negócios a US$ 8,9175 por bushel.

• O mercado subiu pela quarta sessão seguida, ainda estimulado pela boa demanda pela soja norte-americana.

• Os exportadores privados norte-americanos reportaram ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a venda de 126.000 toneladas de soja para destinos não revelados. A operação tem entrega programada para a temporada 2020/21. Toda operação envolvendo a venda de volume igual ou superior a 100 mil toneladas do grão, feita para o mesmo destino e no mesmo dia, tem que ser reportada ao USDA.


CHINA O governo do presidente norte-americano, Donald Trump, está intensificando a pressão dos Estados Unidos sobre a China, acumulando proibições de vistos, sanções e outras restrições que estão derrubando laços já instáveis As informações são da agência de notícias "Dow Jones". O procurador-geral William Barr, em discurso feito ontem, alertou as empresas norteamericanas que correm o risco de colaborar com um governo chinês que, em última análise, busca substituí-las em sua crescente economia estatal. Autoridades do governo também estão discutindo a proibição de viagens de membros do Partido Comunista da China e suas famílias para os Estados Unidos, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em alta de 1,05% no mercado à vista, cotado a R$ 5,3850 para venda, em mais uma sessão de volatilidade, influenciado pelo movimento de cautela no mercado doméstico e acompanhando o cenário das moedas de países emergentes em dia de agenda de indicadores esvaziada.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax