Voltar

Informativo Diário

18/08/2020

CHICAGO E DÓLAR AVANÇAM, PREÇOS DA SOJA CONTINUAM SUBINDO, MAS SOMENTE NEGÓCIOS PONTUAIS SEGUEM SENDO REPORTADOS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana calmo nas principais praças de negociação do país. Em um dia bastante positivo para a commodity, os preços voltaram a avançar. Em Chicago, a oleaginosa atingiu seu maior patamar de fechamento desde meados de março deste ano. Já o câmbio, ultrapassou os níveis de R$ 5,50 por dólar e encerrou pouco abaixo desse ponto. Com isso, as cotações voltaram a avançar, principalmente na safra nova. Apesar dos preços elevados, com a escassez de soja disponível e com a comercialização da safra nova cerca de 30% acima da média histórica para o período, o momento permanece sendo de bastante cautela por parte dos vendedores.

RS: dia de preços firmes e negócios pontuais reportados. Na região portuária, indicações na faixa R$ 131,50 por saca CIF para embarque imediato e pagamento em meados de setembro. Para embarque e pagamento em meados de julho/21, rumores de negócios na faixa de R$ 118 por saca CIF, porém sem contrapartida de venda.

PR: mercado lento e preços firmes no estado. Para embarque em abril/21 e pagamento em maio/21, indicações na faixa de R$ 116 por saca CIF região portuária. Na região oeste do estado, indicações nominais entre R$ 124 e R$ 125 por saca para embarque imediato e pagamento em meados de setembro/outubro deste ano, porém sem contrapartida de venda. Para 2022, rumores de negócios pontuais na faixa de R$ 114,50 por saca.


CHICAGO(CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo na segunda-feira. Nas posições spot, os ganhos foram de 1,72% no grão, de 2,22% no farelo e de 0,77% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato setembro/20 do grão atingiu a máxima de US$ 9,15 por bushel. No final da sessão, trocou de mãos a US$ 9,1250 por bushel. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 17,25 pontos nos principais vencimentos. O vencimento novembro/20 operava com ganhos de 17 pontos, com negócios a US$ 9,1575 por bushel.

• O mercado atingiu o maior patamar de março, impulsionado por sinais de demanda firme e assimilando os prejuízos causados pela tempestade do início da semana passada sobre a área plantada.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 785.075 toneladas na semana encerrada no dia 13 de agosto, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Analistas esperavam o número em 500 mil toneladas.

• A Associação Norte-Americana dos Processadores de Óleos Vegetais (NOPA) informou que o esmagamento de soja atingiu 172,794 milhões de bushels em julho, ante 167,263 milhões no mês anterior. A expectativa do mercado era de 172 milhões.

• Além disso, cerca de 14 milhões de acres do estado de Iowa teriam sido afetados na última segunda-feira, e não 10 milhões de acres estimados anteriormente, informou a Associação de Soja local no Facebook.


CHINA O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que a China está mais do que cumprindo o acordo comercial de fase um, ao realizar o maior pedido de milho e soja norte-americanos da história, depois de anos tirando vantagem do país. "Eu fiz um grande acordo com eles, na semana passada eles encomendaram o maior pedido de milho na história", além de soja e de carne de boi, disse Trump, em entrevista à "Fox, ao ser questionado se a reunião de revisão do acordo prevista para o final de semana foi adiada pela falta de compromisso de Pequim.


CÂMBIO Na máxima do dia o dólar comercial chegou a ser negociado a R$ 5,5150 (+1,54%), patamar visto pela última vez em maio deste ano. Isso só foi possível após rumos de que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deixaria o governo por divergências na questão fiscal do país. Também foi citado como motivo para sua saída do cargo a debandada de secretários da pasta. Ao final da sessão, o dólar comercial encerrou em alta de 1,19%, sendo negociado a R$ 5,4960 para venda.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax