Voltar

Informativo Diário

31/01/2020

COM FORTE QUEDA EM CHICAGO, PREÇOS DA SOJA VOLTAM A RECUAR E POUCOS NEGÓCIOS SÃO REPORTADOS NO PAÍS

Na quinta-feira, o mercado interno de soja permaneceu travado nas diversas praças de negociação do país. Atingindo a mínima deUS$ 8,7550 ao longo do pregão, a oleaginosa já acumula oito sessões seguidas de perdas em Chicago. Porém, a moeda norteamericana renovou sua máxima histórica e teve mais um dia de alta significativa, atingindo os níveis de R$ 4,2730 por dólar ao longo do dia. Aproveitando o bom momento do câmbio, alguns agentes voltaram a negociar, porém volumes pouco significativos. Segundo rumores, aproximadamente 100 mil toneladas de soja trocaram de mãos no país somente hoje.

RS: cotações de estáveis a mais baixas e mercado lento. Na região portuária, havia possibilidade de negócios na faixa de R$ 88/saca CIF para embarque e pagamento no mês de junho, porém poucos lotes foram comercializados.

PR: dia de queda nas cotações e mercado pouco agitado. Na região de Campo Mourão, as indicações permanecem na faixa de R$ 80/saca para embarque imediato e pagamento em meados de fevereiro, mas sem contrapartida de venda.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em queda no grão, no farelo e no óleo na quinta-feira. Nas posições spot, as perdas foram de 1,87% no grão, de 1,55% no farelo e de 2,82% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato março/20 atingiu a máxima de US$ 8,9375 por bushel. No final da sessão, trocava de mãos a US$ 8,7625 por bushel, com queda de 16,75 pontos. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com perdas de até 11,25 pontos nos principais vencimentos. O vencimento maio/20 operava com perdas de 11 pontos, com negócios a US$ 8,96 por bushel.

• O preço do grão caiu pela oitava sessão seguida. Segundo a Agência Reuters, as cotações atingiramos menores níveis em oito semanas.

• O mercado segue pressionado pelo alastramento do coronavírus na China e em outros países, que deve reduzir a demanda chinesa pela soja norte-americana. Para piorar a situação, as exportações semanais norte-americanas ficaram na parte de baixo das estimativasde analistas, fazendo as perdas acelerarem.

• As exportações líquidas norte-americanas de soja, referentes à temporada 2019/20, com início em 1 de setembro, ficaram em 469.700 toneladas na semana encerrada em 23 de janeiro. Representa uma retração de 41% frente à semana anterior e um recuo de 11% ante à média das últimas quatro semanas. A China liderou asimportações, com 360.900 toneladas.

• Para a temporada 2020/21, são mais 2.000 toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 400 mil a 1,200 milhão toneladas, somando-se as duas temporadas. As informações foram divulgadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).


CHINA Os Estados Unidos estão planejando um segundo voo na próxima semana para retirar norte-americano de Wuhan, a cidade chinesa epicentro do surto global de coronavírus, oferecendo a centenas de cidadãos ainda na cidade a chance de sair. Asinformações são da agência de notícias "Dow Jones". O Departamento de Estado disse hoje em um comunicado, que também foi enviado a norte-americanos registrados em Wuhan, que o voo está sendo planejado para segunda-feira, convidando cidadãos norte-americanos com passaportes válidos para enviar um e-mail ao Departamento de Estado em um endereço especial, CoronaVirusEmergencyUSC@State.gov. Como no esforço de evacuação anterior, que partiu quarta-feira, o Departamento de Estado solicitará aos cidadãos dos Estados Unidos que reembolsem o governo pelo voo.


CÂMBIO O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 0,97%, sendo negociado a R$ 4,2600 para venda e a R$ 4,2580 para compra, renovando a máxima histórica de fechamento alcançada em 27 de novembro de 2019, a R$ 4,2580 para venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,2390 e a máxima de R$ 4,2730. A divisa norte-americana segue avançando e renovou a máxima histórica de 26 de novembro do ano passado quando encerrou a R$ 4,2580 para venda, refletindo a forte aversão ao risco em meio ao avanço do coronavírus na China e em outros países.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax