Voltar

Informativo Diário

22/04/2020

NA VÉSPERA DO FERIADO DE TIRADENTES, SOJA ENGATA SEXTA SESSÃO CONSECUTIVADE BAIXA EM CHICAGO E MERCADO PERMANECE CALMO NO PAÍS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana pouco agitado nas diversas praças de negociação do país. Atingindo os níveis de US$ 8,2450 ao longo do pregão, a commodity enfileirou a sexta queda consecutiva em Chicago. Já o câmbio avançou significativamente, ultrapassando o patamar de R$ 5,30 por dólar. Diante disso, as cotações ficaram predominantemente estáveis no mercado doméstico e os agentes seguem aguardando melhores oportunidades para negociar. O feriado de Tiradentes na terça-feira (21) também exerceu influência nas negociações.

RS: preços recuando no estado e poucos negócios reportados. Na região portuária, havia possibilidade de negócios entre R$ 104 R$ 105 por saca CIF para embarque e pagamento em meados de agosto deste ano.

PR: dia de pouca movimentação e preços inalterados. Na região portuária, havia possibilidade de negócios na faixa de R$ 104 por saca CIF para embarque e pagamento em meados de junho deste ano.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em queda no grão, no farelo e no óleo na segunda-feira. Nas posições spot, as perdas foram de 0,72% no grão, de 0,90% no farelo e de 1,17% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato maio/20 atingiu a máxima de US$ 8,3575 por bushel. No final da sessão, trocava de mãos a US$ 8,2650 por bushel, com queda de 6 pontos. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com perdas de até 4 pontos nos principais vencimentos. O vencimento julho/20 operava com perdas de 3,5 pontos, com negócios a US$ 8,3875 por bushel.

• Com a queda do barril do petróleo e a perspectiva de demanda fraca pela commodity americana, o mercado acumulou a sexta sessão consecutiva de baixa.

• O contrato do barril de petróleo WTI para maio, negociado em Nova York, chegou a cair mais de 90% hoje, atingindo preço inferior a US$ 2,00, no menor patamar da história. A posição vence amanhã e a derrocada reflete o excesso de petróleo no mercado americano, combinado com a fraca demanda, em meio à pandemia do coronavírus.

• A soja também avalia a questão envolvendo a procura chinesa. A perspectiva é de recuperação nas compras por parte do maior demandante de soja do mundo. Mas a soja brasileira segue sendo prioridade para os compradores asiáticos. Uma retomada dos embarques americanos para aquele país só deverá ocorrer no segundo semestre.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 539.824 toneladas na semana encerrada no dia 16 de abril, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

• Na semana anterior, as inspeções haviam atingido 474.225 toneladas. No ano passado, em igual período, o total fora de 386.068 toneladas. No acumulado do ano-safra, iniciado em 1 de setembro, as inspeções estão em 32.910.352 toneladas, contra 31.031.096 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.


CHINA A China abordou vários países para discutir a possibilidade de aliviar controles de fronteiras para permitir a retomada de algumas viagens de negócios, parte de esforços mais amplos para reiniciar a atividade econômica paralisada pela pandemia de coronavírus. Asinformaçõessão da agência de notícias "Dow Jones".


CÂMBIO O dólar comercial fechou a sessão em alta de 1,31%, sendo negociado a R$ 5,3080 para venda e a R$ 5,3060 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,2670 e a máxima de R$ 5,3210. A divisa norte-americana avançou, na segunda maior cotação de fechamento da história, refletindo o viés de cautela que prevaleceu no mercado à véspera do feriado doméstico, enquanto no exterior, a sessão foi negativa para as moedas de países emergentes em meio à derrocada do petróleo que fechou com a cotação negativa pela primeira vez na história.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax