Voltar

Informativo Diário

25/08/2020

MERCADO DE SOJA INICIA A SEMANA COM PREÇOS NOMINAIS E NEGÓCIOS ESCASSOS NO PAÍS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana calmo nas diversas praças de negociação do país. Com Chicago e dólar operando lateralizados durante praticamente toda a sessão, a commodity teve um dia de poucas novidades e preços nominais. Os prêmios também apresentam estabilidade, contribuindo para o cenário de lentidão. Por conta da necessidade, em algumas regiões as cotações chegaram a avançar, porém somente negócios pontuais foram reportados.

RS: mercado pouco movimentado e cotações firmes no estado. Na região portuária, para embarque e pagamento em meados de junho/21, indicações entre R$ 118 e R$ 119 por saca CIF, porém sem contrapartida de venda. No interior do estado, indicações na faixa de R$ 132 por saca para embarque imediato e pagamento em meados de setembro/outubro deste ano.

PR: dia de preços mistos e mercado lento. Para embarque em março/21 e pagamento no final de abril/21, indicações na faixa de R$ 117 por saca CIF região portuária. Na região oeste, indicações na faixa de R$ 130 por saca para embarque imediato e pagamento em meados de outubro.


CHICAGO(CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam mistos no grão e no farelo, e em alta no óleo na segunda-feira. Nas posições spot, as perdas foram de 0,11% no grão e de 0,37% no farelo, e ganhos de 0,79% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato setembro/20 do grão atingiu a máxima de US$ 9,0775 por bushel. No final da sessão, trocou de mãos a US$ 8,9975 por bushel. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 5 pontos nos principais vencimentos. O vencimento novembro/20 operava com ganhos de 1,5 ponto, com negócios a US$ 9,0625 por bushel.

• As preocupações com o potencial produtivo das lavouras americanas sustentou o mercado.

• Na sexta, o resultado final da crop tour da Pro Farmer indicou rendimento abaixo do esperado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

• A safra norte-americana de soja deverá totalizar 4,362 bilhões de bushels em 2020, com produtividade média de 52,5 bushels por acre, segundo a associação. O rendimento indicado ficou um pouco abaixo do estimado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em seu mais recente relatório, de 53,3 bushels por acre.

• O recente comportamento do clima também preocupa os agentes, que aguardam o relatório de condições das lavouras, que será divulgado às 17hs pelo USDA. O mercado apostam em um número de 70% para boas a excelentes condições, com queda de 2 pontos percentuais sobre a semana anterior.


CHINA O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que a China realizou o maior pedido já feito de soja e milho para os produtores agrícolas norteamericanos na semana passada. Segundo ele, apesar de ver o acordo comercial com os chineses de "outra forma" após a pandemia, ele diz ter "certeza de que eles desejam continuar fazendo negócio conosco".


CÂMBIO O dólar comercial encerrou o dia em queda de 0,21%, cotado a R$ 5,5990 para venda, em dia de cautela do investidor na expectativa pela apresentação do pacote econômicos que estava programado para amanhã pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O evento foi remarcado, sem data prevista para acontecer, mas há rumores de que essa apresentação irá ocorrer ainda nesta semana.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax