Voltar

Informativo Diário

04/07/2019

APESAR DA ALTA DE CHICAGO, DÓLAR RECUA E PREÇOS DA SOJA FICAM PREDOMINANTEMENTE ESTÁVEIS NO PAÍS

Na quarta-feira, o mercado interno de soja manteve-se em ritmo lento nas diferentes praças de negociação do país. Em Chicago, a oleaginosa teve um dia de importantes ganhos, com alta de até 10,25 pontos nos principais vencimentos. Entretanto, após três sessões seguidas de alta, a moeda norte-americana encerrou no campo negativo. Sendo assim, as cotações ficaram praticamente inalteradas no mercado doméstico e não foram reportados negócios relevantes ao longo do dia.

RS: as cotações ficaram de estáveis a mais altas no estado. Segundo rumores, poucos volumes de soja gaúcha trocaram de mãos ao longo do dia e houve indicações no porto de Rio Grande na faixa dos R$ 82 para entrega futura.

PR: mercado calmo no estado. Os preços avançaram e houve indicações no porto de Paranaguá na faixa dos R$ 82 para pagamento no final do mês de agosto.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo nesta quarta-feira. Nas posições spot, ganhos de 1,03% no grão, de 0,83% no farelo e de 1,30% no óleo.

• Após cair em cinco das últimas seis sessões, o mercado se recuperou tecnicamente, com os agentes efetuando compras de barganha e cobertura de posições vendidas. A preocupação com o rendimento da safra americana e a possibilidade da China anunciar compras nos Estados Unidos como parte das negociações comerciais completam o cenário positivo.


CHINA Apesar dos meses de esforços para conter um surto de um vírus mortal que se espalha pelas criações de porcos na China, o governo disse que a situação continua terrível. As informações são da agência de notícias "Dow Jones". Ainda existem muitos "elos fracos" na indústria, como a prática dos agricultores de alimentar porcos com restos de alimentos e a falta de supervisão durante o transporte, disse o Conselho de Estado em um comunicado. "A situação de prevenção e controle continua complicada e grave", segundo o comunicado. O gabinete fez uma longa lista de tarefas para diferentes agências governamentais e governos locais, variando de controle mais rigoroso de restos de alimentos ao recrutamento de mais veterinários no local.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em queda de 0,72% no mercado à vista, cotado a R$ 3,8270 para venda - rompendo três pregões seguidos de alta - influenciados pelo exterior, com apostas de que o banco central dos Estados Unidos deverá promover o corte da taxa de juros no curto prazo após indicadores da economia norte-americana. Aqui, a reforma da Previdência ancorou o movimento dos mercados na segunda parte dos negócios.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax