Voltar

Informativo Diário

12/08/2019

EM DIA DE ALTA DE CHICAGO E DÓLAR, SOJA ENCERRA SEMANA COM BOM VOLUME DE NEGÓCIOS

Na sexta-feira, o mercado interno de soja encerrou a semana com boa movimentação nas principais praças de negociação do país. Com mais um dia de ganhos significativos em Chicago e dólar encerrando no campo positivo, as cotações da oleaginosa avançaram no mercado doméstico. Com preços mais atrativos, os agentes aproveitaram para garantir bons negócios e, segundo rumores, aproximadamente 2 milhões de toneladas foram negociadas ao longo da semana no país.

RS: os preços seguem avançando no estado. Segundo informações, cerca de 200 mil toneladas foram negociadas ao longo do dia. No porto de Rio Grande, houve indicações na faixa dos R$ 86,50 para entrega no mês de outubro.

PR: aproximadamente 100 mil toneladas negociadas ao longo do dia e as cotações avançaram. A comercialização da safra 2018/20 está estimada em 15% no estado.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo na sexta-feira. Nas posições spot, os ganhos foram de 1,01% no grão, de 0,64% no farelo e de 1,89% no óleo.

• Na semana, os ganhos superaram 2,5%, com o mercado buscando um posicionamento frente ao relatório de agosto do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será divulgado na segunda, 12.

• A preocupação com o clima nos Estados Unidos e a forte alta do petróleo no mercado internacional completaram o cenário positivopara as cotações.

• O deverá indicar redução na estimativa para a safra americana de soja em 2019/20. Analistas consultados pelas agências internacionais apostam que o USDA indicará produção americana em 2019 de 3,78 bilhões de bushels, contra 3,845 bilhões indicados em julho e 4,544 bilhões do ano anterior.

• Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá elevar a sua estimativa para 2018/19 de 1,05 bilhão para 1,07 bilhão de bushels. Para a temporada 2019/20, o carryover deve subir de 795 milhões para 818 milhões de bushels.

• Os estoques globais da oleaginosa deverão ser elevados de 113 milhões de toneladas para 113,4 milhões de toneladas em 2018/19. Para a próxima temporada, a expectativa é de estoques de 106,2 milhões, contra 104,5 milhões projetados em junho.


CHINA O presidente norte-americano, Donald Trump, disse que as negociações com a China estão indo bem, mas que os Estados Unidos ainda não estão prontos para fechar um acordo comercial mais amplo com Pequim. "Ainda não sabemos se manteremos o encontro de setembro. Se acontecer, é ótimo, mas se não acontecer, tudo bem", disse Trump em declarações para repórteres na Casa Branca. Uma delegação chinesa deve ir a Washington em setembro para dar sequência às negociações presenciais que podem levar a um acordo comercial com os Estados Unidos. No entanto, a realização do encontro se tornou incerto depois que Trump anunciou tarifas de 10% a US$ 300 bilhões em importados da China - medida que deve entrar em vigor no próximo mês.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em alta de 0,35% no mercado à vista, cotado a R$ 3,9410 para venda, fechando uma semana de forte volatilidade nos ativos e cautela dos investidores após a escalada da guerra comercial entre Estados Unidos e China, iniciada no fim da semana passada, mas com fortes desdobramentos ao longo desta semana. Na semana, o dólar se valorizou em 1,23% e acumula quatro semanas seguidas de alta. O viés de cautela prevaleceu na sessão após alívio ontem, que levou o dólar a se depreciar frente às principais moedas globais - rompendo oito altas seguidas frente ao real - com a escalada nas tensões comerciais entre Estados Unidos e China. A disputa deteriorou o cenário internacional nos últimos dias diante da reação do país asiático ao anúncio da cobrança de tarifas adicionais pelos Estados Unidos, o que fez suspender compras adicionais de produtos agrícolas norte-americanos e forçar uma depreciação da moeda chinesa (yuan).


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax