Voltar

Informativo Diário

31/05/2019

COM DÓLAR VOLÁTIL, PREÇOS DA SOJA FICAM PREDOMINANTEMENTE ESTÁVEIS E POUCOS NEGÓCIOS SÃO REPORTADOS

Na quinta-feira, o mercado interno de soja ficou pouco agitado nas diferentes praças de negociação do país. Apesar dos ganhos de até 17 pontos nos principais vencimentos em Chicago, a moeda norte-americana atingiu a mínima de R$ 3,9550 ao longo do pregão e as cotações ficaram predominantemente estáveis no mercado doméstico. Diante disso, a comercialização diminuiu o ritmo e poucos negócios foram reportados ao longo do dia.

RS: as cotações ficaram de estáveis a mais baixas no estado. Segundo rumores, aproximadamente 40 mil toneladas de soja gaúcha trocaram de mãos ao longo do dia.

PR: mercado calmo no estado. Os preços avançaram no estado e, conforme rumores, cerca de 40 mil toneladas foram negociadas ao longo do dia.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo nesta quinta-feira. Nas posições spot, ganhos de 1,94% no grão, de 2,63% no farelo e de 0,18% no óleo.

• Pela quarta sessão seguida, o mercado encontrou sustentação no atraso no plantio nos Estados Unidos devido ao excesso de umidade.

• A previsão indica chuvas até a próxima semana, o que deverá manter os trabalhos em ritmo lento. "O mercado dá continuidade ao movimento positivo diante das condições climáticas adversas no cinturão produtor dos EUA", avalia o analista de SAFRAS& Mercado, Luiz Fernando Roque.

• Os últimos mapas apontam para a manutenção de uma umidade excessiva sobre os principais estados produtores dos EUA na primeira quinzena de junho, o que deve impedir um melhor avanço dos trabalhos de plantio nos últimos dias da janela ideal.

• Tecnicamente, acrescenta o analista, o mercado tem espaço para o teste do patamar de US$ 9,00 por bushel na posição spot, embora a linha de US$ 8,88 (média de 100 períodos) traga alguma resistência.

• O grão se manteve no território positivo, mesmo com notícias de que a China teria suspendido novas compras de soja norte-americana pelo recrudescimento da disputa comercial entre os dois países.

• Conforme fontes entrevistadas pela Agência Blooomberg, a China suspendeu as compras de soja dos Estados Unidos em virtude da escalada da tensão comercial entre os dois países.

• Os compradores estatais de grãos da China não receberam mais pedidos para continuar com a chamada "compra de boa vontade" e não esperam que isso aconteça, devido à falta de acordo nas negociações comerciais, disseram as fontes. De qualquer forma, a China, no momento, não tem planos de cancelar as compras de soja norte-americana já realizadas.


CHINA O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse que o governo do presidente Donald Trump pode dobrar as medidas contra a China se o país se recusar a recuar nas negociações sobre a guerra comercial. "Estamos numa posição mais forte. Impusemos tarifas sobre mais de US$ 250 bilhões em produtos e podemos mais do que dobrar isso", disse durante coletiva de imprensa no Canadá. Ele disse ainda que espera que haja avanço nas negociações após o encontro entre o presidente Trump e o líder chinês, Xi Jinping. "Continuamos esperançosos de que o encontro entre Trump e Xi vai haver progresso", disse. Pence ressaltou que o foco do governo norte-americano é "estabelecer o que é certo nas relações entre os dois países", uma vez que as trocas comerciais "têm sido injustas para os trabalhadores dos Estados Unidos".


CÂMBIO O dólar comercial fechou em leve alta de 0,10% no mercado à vista, negociado a R$ 3,9800 para venda, em dia de fortes oscilações da moeda norteamericana que chegou a renovar mínimas sucessivas no meio do pregão. Apesar do avanço da moeda na reta final dos negócios em meio à ajustes técnicos, o otimismo local prevaleceu na maior parte da sessão em dia de resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre do ano aqui e nos Estados Unidos.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax