Voltar

Informativo Diário

07/04/2020

SOJA INICIA A SEMANA COM PREÇOS MISTOS E POUCA MOVIMENTAÇÃO REGISTRADA NO PAÍS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja esteve calmo nas principais praças de negociação do país. Interrompendo uma sequência de seis sessões seguidas de alta, o câmbio teve um dia de perdas significativas, chegando a operar nos níveis de R$ 5,22 por dólar ao longo do pregão. Em Chicago, a commodity teve mais um dia de volatilidade e encerrou com ligeiros ganhos. Diante disso, as cotações tiveram oscilaçãomista no mercado doméstico e poucos negóciosforam registrados no país.

RS: dia de preços mistos e negócios moderados reportados. Na região portuária, as indicações estavam na faixa de R$ 105,50 por saca CIF para embarque no mês de julho e pagamento em meados de agosto deste ano. Ao todo, pelo menos 30 mil toneladas de soja foram comercializadas no estado.

PR: mercado calmo e preços mistos no estado. Na região portuária, no melhor momento do dia, havia possibilidade de negócios na faixa de R$ 105 por saca CIF para embarque e pagamento em meados de junho/julho deste ano.


CHICAGO(CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão e no óleo, e mistos no farelo na segunda-feira. Nas posições spot, os ganhos foram de 0,15% no grão e de 1,51% no óleo, e perdas de 2,04% no farelo. No melhor momento do dia, o contrato maio/20 atingiu a máxima de US$ 8,59 por bushel. No final da sessão, trocava de mãos a US$ 8,5550 por bushel, com alta de 1,25 ponto. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 6,5 pontos nos principais vencimentos. O vencimento julho/20 operava com ganhos de 3,5 pontos, com negócios a US$ 8,63 por bushel.

• Compras baseadas em fatores técnicas e o desempenho mais positivo do mercado financeiro global garantiram a elevação.

• Os contratos iniciaram sob pressão, nos menores níveis em duas semanas, pressionados pela queda do petróleo e pelo cenário fundamental, que combina maior oferta da América do Sul e demanda restrita por parte da China.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 298.124 toneladas na semana encerrada no dia 2 de abril, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 425 mil toneladas.

• Na semana anterior, as inspeções haviam atingido 413.957 toneladas. No ano passado, em igual período, o total fora de 888.772 toneladas. No acumulado do ano-safra, iniciado em 1 de setembro, as inspeções estão em 31.893.415 toneladas, contra 30.168.723 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.


CHINA A economia chinesa mostra sinais limitados, mas encorajadores, de recuperação após a pandemia do novo coronavírus, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), que não descarta seu ressurgimento no futuro. "A recuperação na China, embora limitada, é encorajadora, sugerindo que medidas de contenção podem ter sucesso no controle da pandemia e abrir caminho para a retomada da atividade econômica",disse o FMI em um post no blog. "Mas há uma enorme incerteza sobre o futuro da pandemia e não se pode descartar um ressurgimento de sua propagação na China e em outros países", acrescenta. Por isso, o FMI pediu uma resposta coordenada dos países em nível global para conter o novo coronavírus. "Para superar essa pandemia, precisamos de um esforço global e coordenado de políticas econômicase de saúde", afirma.


CÂMBIO O dólar comercial encerrou a sessão em queda de 0,67%, sendo negociado a R$ 5,2910 para venda e a R$ 5,2890 para compra. Durante o dia, a moeda norteamericana oscilou entre a mínima de R$ 5,2260 e a máxima de R$ 5,3120. A divisa norte-americana recuou, interrompendo uma sequência de seis pregões seguidos de alta, reagindo ao bom humor que prevaleceu no exterior em meio ao arrefecimento dos números de casos confirmados e de mortes em países da Europa e nos Estados Unidos ao longo do fim de semana. Apesar de ter ido às mínimas de R$ 5,22, a moeda voltou ao patamar de R$ 5,30 em meio à ruídos políticos.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2020 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax